Como fazer uma instalação hidráulica de forma correta

a

A obra prossegue e este é o momento de fazer a instalação hidráulica?

Acompanhe nossas dicas para você economizar água, tempo, dinheiro e evitar as dores de cabeça:

  1. Escolha bem seu profissional;

Com o objetivo de economizar na obra, é muito comum procurarmos pelo famoso “Faz Tudo”. Mas atenção! Frequente mente, o profissional que se dispões a executar todas as fases de uma obra, não é especialista em nada. Apenas um curioso acostumado a resolver as coisas na base da gambiarra.

Quando este personagem pitoresco se aventura a fazer seu encanamento, as consequências podem ser desastrosas. Pense na dor de cabeça futura quebrando revestimentos e paredes para reparar canos quebrados ou infiltrações. E o que é pior: alguns vazamentos podem ficar em silêncio por anos. Quando finalmente são descobertos, você já gastou uma fortuna em água e a estrutura de sua casa pode estar gravemente comprometida.

 

  1. Projeto hidráulico ajuda no planejamento e na economia;

Para a construção ser regularizada, é necessário existir um projeto arquitetônico embasado nas normas da ABNT e assinado por um engenheiro ou arquiteto.

Geralmente em construções residenciais não são exigidos os projetos auxiliares como o elétrico e o hidráulico. Mas saiba que estes também são de grande importância.

Com um projeto hidráulico bem descrito e executado, você pode economizar muito. Sabendo exatamente onde estão localizados os canos do sistema hidráulico de sua casa, você evita dores de cabeça como perfurações e rompimentos acidentais.

Exemplo ilustrativo de uma instalação hidráulica correta

 

  1. Preste atenção na pressão de água;

É muito comum encontrarmos pressão de água diferente em áreas diferentes do perímetro urbano. Isso acontece pela diferença nos tipos de terrenos, altitude, abastecimento e distância das fontes de distribuição.

Para evitar problemas com o sistema hidráulico, é importantíssimo conhecer a pressão da agua que chega na obra e dimensionar a bitola do encanamento de acordo com esta informação.

 

  1. Procure marcas de qualidade;

Muitas vezes, por necessidade de economia, optamos por tubos e conexões de qualidade inferior. Lembre-se de que depois que estiver em sua parede, será, no mínimo um caos trocar o encanamento por defeito ou má qualidade. Toda a economia conseguida pode ir, literalmente, por água a baixo.

 

  1. Preste atenção na qualidade de colas e adesivos;

Além da tubulação, outros itens que devem possuir qualidade e estar de acordo com as normas técnicas, são as colas e adesivo.

 

  1. Utilize modelos de torneiras e válvulas com facilidade de manutenção e assistência técnica;

Não é só a beleza e a qualidade que devemos observar na hora de comprar torneiras, registros e válvulas hidráulicas. Uma boa rede de assistência autorizada também é muito importante. E não esqueça de observar se o modelo que você escolheu conta com a comercialização de reparos e peças sobressalentes. Em caso de algum imprevisto isto pode lhe economizar dinheiro e dor de cabeça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *