Paginação: Aprenda como escolher o formato do piso e assentá-lo de forma criativa

a

Escolher as peças para o seu piso é uma das melhores fases da construção ou reforma da sua casa. Mas não é uma tarefa simples: junto com todas as variedades de materiais, cores e formatos de pisos vem, também, a forma com que ele será colocado no chão.

Você sabe o que é paginação? É o estudo que estabelece como vai ser o padrão ou o desenho do piso e, a partir daí, definir como será a instalação e o assentamento.

 Ela designa por onde vai começar a instalação de tacos, porcelanato, cerâmicas, pedras, pastilhas, tábuas, rejunte, rodapés, etc.

Para tanto, ele também define o tamanho ideal das peças de revestimento, suas cores ou estampas, e inclui o cálculo da quantidade de peças e em que direção eles serão dispostos na hora da instalação.

Comprar um revestimento simplesmente porque agrada, sem levar em conta todos esses fatores, pode acabar levando a um efeito pouco harmonioso e gerar desperdícios de material na hora da instalação.

Uma boa paginação vai conferir uma enorme personalidade ao ambiente.

Com um mesmo conjunto de peças, é possível criar um ambiente completamente diferente apenas mudando a maneira de paginar o piso.

A paginação deve levar em conta:

  • As dimensões de cada peça de revestimento, evitando excessos de cortes das peças e consequentes perdas na hora da instalação;
  • Distribuição dos cortes que deverão ser feitos nas peças. As inteiriças devem ficar nos espaços de circulação mais intensa, enquanto as cortadas ficam reservadas para embaixo de móveis e cantinhos;
  • Tipo do piso e seu rodapé, ajudando a corrigir defeitos nas juntas das paredes com o chão.
  • Atenção para pisos com padronagens e detalhes: eles demandam um planejamento mais minucioso para evitar a desvalorização do desenho que formam – e que está cheio de potencial decorativo.

Para  melhorar a experiência de compra e oferecer aos clientes um serviços completo e personalizado, o Moretto, através de sua Design de Interiores, oferece este serviço de paginação de forma gratuita. Desta forma o cliente Moretto pode escolher seus revestimentos com mais liberdade, com a certeza de qualidade não só do produto, mas no resultado final da obra.

A seguir, mostramos algumas das formas mais populares de colocação de pisos. Inspire-se!

Assentamento Reto de Pisos

É a forma mais simples de layout com pisos: ele acompanha o posicionamento das paredes, exigindo o mínimo de recortes, sendo portanto a forma mais econômica, fácil e comum de assentamento.

As peças são posicionadas lado a lado, perpendiculares e em fileiras retas ao longo do ambiente.

O efeito básico é clean e moderno, mas combina com qualquer tipo de decoração: é o grande coringa das paginações.

Assentamento de Piso em Diagonal

Aqui as peças são encaixadas umas nas outras em ângulos de 45 graus em relação à parede. O ideal é que as extremidades da área sejam contornadas por peças partidas exatamente ao meio.

É uma colocação um pouco mais complexa do que o assentamento reto, mas ainda assim é de simples instalação e já adiciona uma “bossa” ao efeito final, já que as peças se apresentam em posição de diamante ao invés de quadrado.

Com o assentamento em diagonal, o ambiente tende a parecer um pouco mais amplo. Isso ocorre porque disfarça a estreiteza das fileiras retas, valorizando, no lugar, a amplitude do formato em diamante.

Em outras palavras, cada peça do piso parece se “esparramar” pelo chão, ao invés de se enfileirar.

É um excelente recurso para fazer um pequeno lavabo parecer maior, por exemplo.

Uma variação que exige experiência mais sólida em paginação é o assentamento em diagonal com peças bem pequenas (tozetos) encaixados entre as pontas das placas principais.

Além disso, os recortes aumentam, exigindo uma compra de 15% a mais de peças para compensar o desperdício.

Esse modelo pode funcionar, também, em colocações retas.

Assentamento em Tijolinho

O assentamento em tijolinho alinha peças (em geral retangulares) de uma fileira bem na metade do comprimento das peças da fileira anterior, formando uma padronagem semelhante a um muro de tijolos.

Apesar de um pouco mais elaborada do que a paginação em diamante, ainda é relativamente simples de executar.

Embora seja mais comum em pisos de circulação pública, como corredores de edifícios e estabelecimentos comerciais, vem se tornando cada vez mais usada em projetos de decoração doméstica.

Uma de suas vantagens é que essa forma de dispor as peças tende a disfarçar imperfeições das placas – além de atribuir um efeito longitudinal ao ambiente.

Na hora de proceder com a instalação, é recomendável que o posicionamento exato das peças seja marcado, de modo que os rejuntes fiquem bem alinhados com o centro exato das peças da fileira anterior.

Assentamentos Pinwheel e em Moinho

Reto ou em diagonal, a paginação Pinwheel consiste numa peça quadrada cercada por outras quatro com a metade de seu tamanho, alinhadas com suas pontas/ extremidades.

A paginação em moinho, por sua vez, é exatamente o contrário: uma peça pequena é cercada por outras com o dobro de suas dimensões.

Se as peças externas do moinho forem retangulares, o efeito será o de um catavento – pode ser muito interessante.

Em ambos os casos o posicionamento das peças precisa ser cuidadosamente riscado no chão: qualquer pequena imperfeição na colocação de uma única peça pode comprometer o resto do assentamento.

Se você quiser fazer do piso um dos grandes elementos de estilo da decoração, utilize duas cores contrastantes de peças grandes e pequenas.

Colocação de Pisos em Trançado Palha (Cesta)

O padrão em palha consiste em um a quatro retângulos alinhados um ao lado do outro, que se combinam com outros retângulos em sentidos diferentes (por exemplo, retângulos verticais combinados com retângulos horizontais).

Os pequenos espaços entre eles é completado por pecinhas quadradas.

Trata-se de um assentamento altamente popular no início do século XX, que ao longo do tempo utilizou-se de peças de mármore, porcelana, cerâmica e ladrilhos.

Assentamento Espinha de Peixe

Específico para peças retangulares, no assentamento espinha de peixe elas devem se encaixar em ângulos de 45 graus. Quanto mais longo for o retângulo, mais marcante será o efeito final.

É uma paginação muito utilizada na Europa por vários séculos, e que sempre funcionou como um recurso para ampliar áreas mais estreitas: o formato em V cria movimento e alonga o espaço disponível.

Para otimizar esse efeito, o ideal é utilizar placas em tons neutros, sempre iguais entre si.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *